14 de agosto de 2016

Navegar


mede-se todo o meu coração
mede-se toda a minha mágoa 
a minha alegria
o meu esforço
o meu inglês
a minha nota
o meu passado
o meu futuro
o tamanho do meu barco.
mas ninguém pode medir nada
muito menos as dimensões da minha mente.
eles não sabem
mas eu vou navegar por aí
partir.
vou levar o meu coração
me raptar
me sequestrar
fugir
porque longe vou encontrar
um novo eu que está a me esperar. 

(Gláucia Minetto Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário