29 de julho de 2016

Poemas e fantasmas incompletos

senti frio e corri pra dentro de casa
mas à tarde o sol brilhava
e saí pro mundo.
encontrei muitas coisas e pessoas que me fazem feliz
assim ri e vivi por muito tempo.

pensei ter amizades e relacionamentos sólidos
mas quando um ou outro se ausentou por uma lua
surpreendi-me ao constatar
que minha própria amizade não era verdadeira
ainda assim doeu um pouco para abrir mão
da ideia fixa de quem é quem em minha vida

nesse meio tempo travei
com sentimentos sem causas, nem lembranças
levei milhares de dias para constatar também
que não era verdade muitas das minhas verdades.

tenho medo de pensar no passado
e trazer junto seus fantasmas.

(Gláucia Minetto Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário