28 de junho de 2016

Quando o corpo apaga


Quando o corpo apaga
A alma desperta. 

Somos cápsula física 
Compilado de matéria orgânica 
Porque o orgânico 
 Não é imutável, imóvel e independente 
Como uma pedra.

Nosso espírito em corpo humano 
Consegue perceber 
Como é depender do outro 
Depender da terra, da água e do ar 
E apesar de uma parte do mundo ser orgânica 
E outra inorgânica, 
Toda a matéria está conectada.
É una...

A parte física é uma 
A espiritual também 
Mas há identidades 
Que podem ser separadas 
E um dia retornarão ao núcleo inicial. 

Apesar de sermos matéria 
Corpo fixo ao solo 
Que olha para as estrelas, 
Nossa matéria permite entender 
Os sentimentos viscerais 
Os instintos 
A fome e a sede 
O amor e a união 
Porque é a forma mais didática
Que o Universo nos ensina 
As relações dos espíritos. 

Do espírito único 
Que é o quebra-cabeça geral 
Em que as peças precisam comungar a sabedoria 
Para voltar a compor a grande imagem 
Que é o mistério da vida.

Quando a matéria apaga 
O espírito desperta 
A jornada toma outra forma 
Vai seguir os caminhos antigos 
Vai ao encontro do propósito universal. 

Que a espiritualidade nos conecte 
Que o bem nos guie 
Que a paz permaneça. 

(Gláucia Minetto Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário