12 de dezembro de 2014

Tua canção


Tua canção me trespassou a alma
Fechei os olhos para não ver
Para sentir a emoção 
Querendo me atingir.
Acho que anjos me cercaram
Me sopraram o rosto
E meus ouvidos se abriram 
Para as tuas notas...
Melodia no piano
Sentimento que vêm
Da mais profunda camada da alma.
Não quis acordar
Te amei desde então.

(Gláucia Minetto Martins)

2 comentários:

  1. É magico, e tu o descreveste perfeitamente em poesia, quando alguém ou algo nos 'toca' profundamente, e desde então, percebamos ou não, passamos a ser invadidos de amor com aquela presença... Depois, somos invadidos de amor em sua ausência... Depois, já não sabemos o que dizer, o que fazer, o que pensar, só queremos aquela pessoa ou aquele algo em nossa vida. Por isso eu acho o flerte desavisado uma coisa mágica! Belíssimo! Beijosssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Luc!
      É lindo quando isso acontece, e a causa é a emoção e paixão pelo que se faz.
      Beijos.

      Excluir