6 de outubro de 2014

I'm

I'm a lonely girl
I'm such a lonely girl
I've lost my wings
I've lost my soul...
God, forgive my sins
'Cause I don't forgive myself anymore
Their faces doesn't see me
And I can't even see their hearts too.

(Gláucia Minetto Martins)

4 comentários:

  1. Eu queria ser poeta, só pra entender seus poemas.

    ResponderExcluir
  2. Por onde andarão as asas e a alma que perdemos? Estarão aprisionadas nos erros, nos pecados que cometemos contra nós mesmos, e de que não nos perdoamos? Tens razão. Decerto, o nome disto é solidão. Talvez o sobrenome seja melancolia. Um belo poema, uma bela investida nesse idioma próprio para os poemas introspectivos. Como tudo em que tu tocas. Beijossssssssss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Um sentimento de alguém que precisa de reparação.
      Precisamos ter ou encontro com nós mesmos todos os dias, para não nos perdermos, não perdermos nossas asas, nossos anjos interiores.
      Beijoss.

      Excluir