25 de janeiro de 2014

Eu existo


Cada manhã é uma nova fase
Uma nova oportunidade
Eternas são as chances
De completarmos a nós mesmos

Nós temos tudo o que precisamos
O mundo sorri a cada instante
Basta ter a alegria de viver,
A vontade de continuar

Nasci com uma vontade de saber mais
De querer dizer as coisas
E às vezes não dizer nada
De aprender tudo o que posso
O infinito e as estrelas
Os livros e todas as outras coisas

Sempre quis elogios
Sempre amei a vida
Sempre fui feliz
Querer saber das coisas é quem eu sou
Querer ser reconhecida por diferir em algo
Descobrir a cura do câncer 
Ou apenas um dez de matemática

Não vou portanto mudar quem sou
Amo querer o mundo
E nesses dias pude ver que posso ser mais
Posso me dedicar
Aprender
Deixar o orgulho
Mas manter um pouco a vaidade

Eu tenho a vida pela frente
Me comprometo hoje a ser quem eu possa ser
A dar tudo de mim
Assim vou viver
Vou me esclarecer
Quem sabe também
O tempo vai passando
E um dia eu digo que te amo...

(Gláucia Minetto Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário