9 de outubro de 2013

Minha sina


Tenho um verdadeiro sentimento
Sinto raiva e sinto culpa
Por não ser alguém que eu preciso ser
Mas as circunstâncias não permitem 
Que eu libere meu mundo por enquanto mudo
Pois não posso lidar com as consequências
Essas que na verdade sei que eu poderia aguentar.

Só tenho fé que isso tudo tem um motivo
Um ensinamento extremamente válido à minha existência
Para que eu possa ensinar os filhos que virão
A ter também fé e paciência.

Minha história, ninguém jamais poderá entender
Meu ser, ninguém jamais vai absorver 
Meus pensamentos não serão decifrados por inteiro
E vou caminhando 
Em meio a dores que misturam-se com a beleza.

Sei que nasci aqui
E quero aqui continuar..
Mesmo pagando pelos erros alheios todos os dias 
Erros rudes e estúpidos que me mostram 
O que não fazer na minha vida.

(Gláucia Minetto Martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário