29 de agosto de 2013

Vo-cê a-qui

Eu não estou feliz
Eu não estou bem
Porque nunca senti você dentro de mim
Tô querendo entender
Todas as coisas que os poetas dizem
Ter gracinhas bobas contigo
Que só a gente entenda
Andar de mãos dadas numa tarde qualquer
E com você ir embora de qualquer perigo...

Estou esperando,
Já cansada de imaginar nós dois...
Nunca te ter dentro de mim
E eu em ti.

(Gláucia Minetto Martins)

24 de agosto de 2013

Treze


Deixa eu te contar
Os pensamentos que descobri
Quando te amei
Eu me encontrei de uma forma estranha
Estúpida, mas feliz
Eu quis morrer de amor
Eu quis te agarrar e te prender
Num canto seguro, onde ninguém te acharia
Eu quis te levar embora
Quis que você batesse na minha porta
Te esperei passar na calçada de casa
Peguei sua mão disfarçando
Brinquei de olho no olho
Quem perdesse o foco não venceria
E você sabia que era só pra poder te encarar
Porque meu dia não era nada
Sem os seus olhos escuros
Me olhando também
Deixa eu te contar
Que aqui, depois de uns anos
Você se perdeu na vida diferente da minha
Te encontrei com outro jeito e mesmo rosto
Mas tudo diferente...
Te vi, te quis, te compreendi,
Foi recíproco, acho eu
Mas tudo ficou com lembrança
A mais doce que alguém poderia me deixar...

imagem
(Gláucia Minetto Martins)


15 de agosto de 2013

Paranóia


Perguntaram-me o teu nome inteiro
respondi sem abreviações
como amante exemplar.
Perguntei então por quê
disseram-me que foi anunciado
em programa de rádio.

No espaço de um segundo
te vi em acidente de automóvel
vi teu nome em placa de velório,
o teu caixão como palco
ostentando teu rosto sem cor.
Vi seus cabelos, sua barba
flores fúnebres no teu peito.
Os olhos fechados,
fixos na morte.

Quase perdi o foco
meus olhos já queriam verter lágrimas.
Em um segundo eu sangrei
meu corpo estremeceu.
Nesse momento
eu morri um pouco também.

É mais um pedacinho da minha alma
que você levou, sem saber.
Voou feito pena ao teu encontro
e não pude apanhá-lo de volta.

Mas sua morte era balela
o anúncio era outra coisa
e pensei aqui comigo
"meu Deus, o que eu faria se você se fosse?"

(Gláucia Minetto Martins)

06/12/2012