7 de janeiro de 2013

Nós por nós, em nós



vai saber
quantas vezes você pensou em mim
e quantas vezes eu pensei em você

vai saber de quantas em quantas horas
meu eu te incomodou.
e as horas dos meus dias
que eu dedicaria ao nosso nós
que já não existe

vai saber os nomes pelos quais
você me chamou secretamente
os momentos que passamos juntos
nos seus sonhos e nos meus

vai saber do nosso futuro
da nossa casa já vazia
abandonada onde sempre esteve
que é no campo criado
pelos nossos pensamentos

nós nos casamos numa tarde ensolarada
lua-de-mel com todo mel
que a lua oferecia.
nós nos casamos em fantasia.

vai saber quantos filhos nós teríamos
e quantos por quê responderíamos
educando nossas crianças

vai saber quantas músicas você ouviu
reconstituindo tudo 
cada célula
cada átomo
ligados a mim
a nós...
nós,
construindo nós.

(gláucia minetto martins)

Nenhum comentário:

Postar um comentário