8 de janeiro de 2012

Desacomodar-se


Se o livre arbítrio nos é dado
Só nos resta correr atrás do que se quer...

Muita coisa corre pela estrada da vida
Muita lágrima rola pelo rosto ou pelas brechas do tempo...

Algumas pessoas, vagando pelos mares, encontram a rota certa
Outras já nascem dentro da nossa existência

Alguns laços são feitos em briga.

Todos os males vêm para o bem.
Certa vez ouvi alguém dizer que se estes existem,
São permitidos por aquela força maior que alguns ignoram...
O motivo, ninguém sabe...
E qual será, além de corrigirmos a ressaca da podridão que plantamos?

Há também, quem fale que os erros são humanos
Que as qualidades são pouco assinaladas...
Porém, ao contrário, os erros são partículas defeituosas
Pontos a corrigir, e nada disso é a busca da perfeição.

Humanas mesmo, são as qualidades
Aquelas com as quais nascemos ou desenvolvemos
E com elas fazemos rir ou chorar
Nos fazendo sempre sobreviventes à vida que tanto dizemos ser dura

Não nascemos em vão.

2 comentários:

  1. Tem tanta sabedoria nessas entrelinhas, tanta verdade... e sem qualquer traço de proselitismo. Isso é muito importante!
    Continue sempre assim!
    Abração!

    ResponderExcluir