1 de maio de 2011

esse blog é que te lê.


"hoje acordei num universo paralelo
minha cama dormiu em mim
meus sapatos me calçaram
o café me tomou
o portão me abriu
os livros me leram
eu dei aula no quadro negro
e julguei a professora...

a janela olhou pra fora de mim.
na praça lá fora,
pombos davam alimentos a velhos
o ar voava nos pássaros
o fios corriam na energia
o orelhão atendeu alguém...

a roupa me esquentou
meu pensamento me pensou
a janela me fechou.

as baratas matavam pessoas
o teclado digitava nos dedos.

o sonho me sonhou
e eu meu nome se chama eu.

amanhã quando eu acordar
talvez conheça alguma outra dimensão..."

Foto

2 comentários: