3 de setembro de 2010

Caminhos


Menina,

um adeus
um momento
um abraço
Um olhar.

Lágrimas amargas guardam segredos
conversa, sorrisos, contatos
Uma vida
há tanto tempo compartilhada.

Menina,
quando o tempo tomar meu rosto
como um líder toma sua causa
nada saberei de ti.

Menina,toma teu amor
aceita-o como a um filho
Enfrenta a dor que lhe corrói
com a rotina das horas
Enfrenta o mundo
enfrenta a massa.

E quem sabe Menina,
sobreviveremos em meio ao caos,
em meio às flores banhadas em lágrimas.

Sobreviveremos,
Eterna Menina.

27/07/10

Foto

Nenhum comentário:

Postar um comentário